O vice-presidente de Assuntos Globais do Facebook, Nick Clegg, afirmou que um recurso de “pausa” será incluído no Instagram, com a ideia de diminuir a frequência de acessos e, consequentemente, vícios e outros comportamentos prejudiciais.

 

O executivo também sugeriu que o Facebook vai se preocupar em manter os adolescentes longe de materiais que não sejam compatíveis com o seu bem-estar. Apesar de não dar muitas informações, Clegg disse que os algoritmos do Instagram deveriam ser “responsabilizados” para garantir que os resultados do mundo real correspondam às expectativas de mudança.